Ela tá bem, mas…

Oi, coméquetá?

Eu sei que esse blog tá parecendo o muro das lamentações, mas é porque eu criei ele justamente pra eu botar pra fora o que eu tô sentindo. Então…

Eu sempre fui muito boa em ouvir e aconselhar, mas na hora de buscar conselhos e de conversar sobre meus sentimentos, meus problemas e as coisas que me afligem eu fico meio receosa. Tenho receio de parecer que eu tô reclamando de barriga cheia, tenho receio de incomodar as pessoas com meus problemas, tenho receio de acabar sendo pior eu falar do que eu guardar pra mim. Porque eu não sou muito boa em falar de mim, eu sempre acabo me expressando de forma errada e, na maioria das vezes, a conversa acaba comigo mais confusa e frustrada do que antes. Daí eu começo a preferir resolver minhas coisas sozinha, sem ofensas.

Então eu sempre tô bem, pra quem quer que venha me perguntar “eu tô bem”. Se você me encontrar na rua eu vou sorrir, se me contar uma piada eu vou rir. Vou continuar fazendo tudo o que eu fazia, não mudo uma vírgula do meu comportamento, porque eu preciso mostrar que eu to bem.

Mas acontece que esses dias eu não tô bem, fisicamente, psicologicamente e espiritualmente. Eu tenho duvidado de mim em vários pontos, tenho me visto de forma diferente, tenho pensado de forma diferente. Não tô comendo direito – porque eu não tenho vontade de comer, então eu acabo me forçando, porque “saco vazio não para em pé” -, não tô dormindo direito, meu otimismo tá se distanciando. E, como sempre, eu prefiro não conversar com ninguém e ficar guardando as coisas pra mim. Porque eu não quero ouvir sempre o mesmo discurso, de todo mundo. Eu já ouvi tantas vezes as mesmas coisas, mas tantas, que eu mesma posso repetir elas pra mim, sabendo que nada vai dar resultado.

E eu não posso dizer que não estou me esforçando pra afastar qualquer pensamento ruim que venha na minha cabeça, porque eu tô, e muito. Mas acontece que chega uma hora que a gente resolve jogar a toalha. Porque né? É tanta decepção, em todos os sentidos e setores da vida que eu nem quero mais pensar que “tem coisa boa guardada pra você, fica tranquila”. A gente tem esperança até o fim, mas chega uma hora que ela dá uma escapada dos seus dedos.

Enfim, vai ter muro das lamentações sim. E, depois desse post, se você vier me perguntar se eu tô bem, você já sabe a resposta.

Eu tô bem…

Anúncios

6 comentários sobre “Ela tá bem, mas…

  1. Erica Melo da silva disse:

    Mais uma coisa que ja deve ter ouvido milhões de vezes… tenha força… e se precisar de alguém so para te ouvir, sem dizer palavras que podem te deixar confusa ou frustada… ficam aqui meus ouvidos a sua disposição… Porque eu também… To bem! Sempre! 😉

    Curtido por 1 pessoa

  2. Tyna Guerra disse:

    As merdas nessa vida acontecem, não tem jeito e eu sei que parece as vezes que elas são muito maiores que as coisas boas. Não, não vou dizer que as coisas boas é a o que voce deve se apegar. As coisas boas pra mim muitas vezes são lembranças dolorosas das coisas que perdi. E saber navegar entre essas águas nebulosas da dor e decepção são um aprendizado de vida, que eu ainda não faço ideia como… Eu só sei que não sabemos de porra nenhuma, e a única frase pronta que me inspira a continuar é filho de fé, balança mas não cai. Beijos Bia, estamos todos bem. 💛

    Curtido por 1 pessoa

  3. Maria De Lourdes Blota disse:

    Meu amor,às vezes,a gente tem que entender que pra sair do poço tem que bater com os pés no fundo bem forte.Eu sei que agora não é a hora de dizer coisas bonitas,tocar violino,mostrar o sol nascendo…
    Prá mim,também é muito difícil acordar de manhã,ainda mais com este frio filho da puta,e achar que o mundo é bom e que a felicidade até existe.Existe,sim!Pros mesmos!
    Mas,saiba,vai passar!Às vezes,com um bom chocolate,com um colo de mãe ou de tia(estou à disposição)ou até com remedinhos(pra isto é que existem os psiquiatras!).
    De qualquer maneira,não faça de conta,não empurre pra baixo do tapete!Chore,xingue,bata boca e principalmente,não perca o poder de se indignar.
    Vai doer,afinal você tem tomado mais porrada que o Anderson Silva!
    Mas,como dizia o motorista do caminhão do lixo:”o lixo é de vocês,meus são os metais que brilham”!
    Te amo!Tenho dois ouvidos ao seu dispor!E estou aqui sempre que você quiser!
    Te amo!Te cuida!E não fica bem,se não estiver,tá?

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s