Entra, a porta tá aberta!

Oi, coméquetá?

Numa vide cheia de altos e baixos, cheia de tempestades e bonanças,  é assim que eu vivo. Desde os meus 20 anos eu não consigo me lembrar de nenhum momento da minha vida em que eu me sentisse completamente preenchida, completamente bem com tudo a minha volta. Se eu tava bem na vida pessoal, a profissional e a sentimental tavam de ponta cabeça. Se tava bem na sentimental a profissional tava me deixando maluca.

Eu sempre fui de pensar pelo lado positivo, do tipo “podia estar pior”, mas daí vem a vida e mostra que é ela que tá no controle de mim e me joga um balde de água fria na cabeça, eu caio e eu tenho que levantar, sempre tenho que levantar, não só por mim.

Mas falando em vida sentimental, eu posso ser durona, mas meu coração tá sempre aberto a novas experiências, novas pessoas, novas paixões. Eu gosto do novo, mas eu também gosto do estável, gosto de certezas. E esse aspecto da minha vida tem sido poço de incertezas.

Cheguei num ponto em que eu acho que é melhor ficar só, porque de tanto cair, chega uma hora que a gente fica com medo de andar, porque sabe que vai cair de novo e vai ter que levantar de novo e vai ter que passar por tudo de novo, e de novo, e de novo. Não sei se aguento…

Portanto, a porta tá aberta, pode entrar. Mas só bagunce se você for capaz de ficar pra me ajudar a arrumar tudo no final do dia.

Anúncios

2 comentários sobre “Entra, a porta tá aberta!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s